Sou candidato em Salvador. Minhas duas propostas:

Captura de Tela 2014-09-08 às 03.13.03# Mercado Modelo

Transformar todo o prédio, por fora e por dentro, em um monumento à memória da injustiça e da loucura racionalizada, em memória de todos os escravos, de ontem e de hoje. —- Reza a lenda que, no subsolo do lugar, jaziam escravos vivos a mercê da enchente e da vazante da maré, acorrentados, num ambiente úmido, escuro e quente, a espera de serem leiloados como propriedade. Escravos, propriedade, trabalho. Memória. Escravos de ontem e de hoje. —– Por um mercado modelo que nos faça refletir sobre o modelo de mercado – sobretudo do mercado de trabalho.

# Cinema

Retirar as salas de cinema de dentro dos centros comerciais, ou shoppings, e reabrí-las nos bairros, nas periferias, na cidade baixa! nos ambientes da vida da baixa renda, do baixo calão, do amor não comercial, acessíveis àqueles que vivem a vida imediata, cuja percepção do tempo só se iguala a de todas as pessoas no cinema. O objetivo também é introduzir o hábito de ir ao cinema e não de ir aos filmes, ainda que o projeto preveja a exibição semanal de “Os Deuses e os Mortos” e “Deus e o Diabo na Terra do Sol”, alternadamente, entre outros filmes, seguidas de debate regado a cerveja artesanal a preços subsidiados com recursos do FSA. E cuidado com os milhões: o mercado modela.

(Em tempo, o aumento quantitativo de recursos do FSA vem acompanhado de um amadurecimento qualitativo acerca dos modelos de políticas públicas para o cinema e o audiovisual? – ou é “modelo mercado” e pronto?).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s