“Muros” terá exibições em São Paulo e Buenos Aires

Entre agosto e setembro de 2015, “Muros”, filme de Fabricio Ramos e Camele Queiroz, terá sete exibições em São Paulo e também será exibido em Buenos Aires. O curta, que une Fotografia e Cinema, ganhou o prêmio de Melhor Filme pelo Júri do V Feciba 2015.

MUROS cartaz novo LEVEEntre agosto e setembro, o curta-metragem “Muros” (2015), de Camele Queiroz e Fabricio Ramos, será exibido em sete sessões em São Paulo, em diferentes cinemas e espaços culturais da cidade, como MIS – Museu de Imagem e Som, CineSesc, Centro Cultural Banco do Brasil, Centro Cultural São Paulo, Matilha Cultural, entre outros. As exibições acontecem na programação de dois eventos, a 10a. Edição da Mostra Mundo Árabe de Cinema, que acontece de 12 de agosto a 12 de setembro, e o 26o. Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo – Kinoforum, que acontece de 19 a 30 de agosto de 2015. “Muros” é a única produção baiana em ambos os eventos este ano.

Sessões do Muros pelo Kinoforum:

Captura de Tela 2015-08-12 às 19.02.07O filme, gravado no Nordeste de Amaralina e no Calabar, bairros de Salvador, traz a participação de Rogério Ferrari, fotógrafo baiano que conviveu e fotografou o povo palestino em Gaza, na Cisjordânia e nos campos de refugiados do Líbano e Jordânia, além de povos em luta em diversas partes do mundo. Ferrari põe em questão a precariedade social, urbana e arquitetônica de favelas brasileiras que, segundo ele, lembram, nesses aspectos, os campos de refugiados palestinos em que ele esteve. O curta revela a resistência e a afirmação da vida em bairros estigmatizados de Salvador, promovendo um encontro entre Cinema e Fotografia.

Muros, finalizado em abril de 2015, participou também da Mostra Oficial do I Festival Filmes da Estação, em Minas Gerais, e participará da 25a. Edição do DocAnt2015, Festival do Documentário Antropológico, que acontecerá em Buenos Aires de 3 a 5 de setembro. O curta, que ganhou o prêmio de melhor filme pelo Júri Técnico na Quinta Edição do Feciba – Festival de Cinema Baiano 2015, é uma realização independente realizada pelo selo Bahiadoc – arte documento e contou com apoio financeiro da Secretaria de Cultura da Bahia através de edital público de Audiovisual, realizado pela Fundação Cultural do Estado da Bahia em 2013.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s