o primeiro McDonalds na Praça Vermelha!

Este breve e histórico documento audiovisual percorre a enorme fila para apreciar o primeiro BigMac em Moscou em 1990:

A queda do muro de Berlim representou o símbolo do fracasso do comunismo autoriário como regime (embora não do socialismo enquanto ideal), mas somente a fila para comprar um sanduíche no McDonalds de Moscou pôde nos atirar à cara a dimensão simbólica da vitória do capitalismo – todo um século de desejos que adentra neste nosso século como um império calcado em caprichos e ilusões na medida da miopia de cada um nós. A abertura econômica da União Soviética permitiu o acesso ao que era proibido: o livre consumo de mercadorias-símbolos do capitalismo.

Em 1990, a Rússia comunista inaugurou a sua primeira loja da rede McDonalds, em plena Praça Vermelha! O desejo de experimentar pela primeira vez um BigMac era tão grande que as pessoas formaram uma imensa fila que dava voltas nos quarteirões, e esperavam mais de 8 horas para saborear o hambúrguer.

Como nos contou o astronauta russo do inesquecível filme espanhol Los Lunes al Sol (trailer) denunciando o fracasso dos ideais hegemônicos que dividiam o mundo:

Dois camaradas se encontram na Rússia depois da queda do comunismo:
– Tudo o que nos disseram sobre o comunismo, afinal, era mentira! – disse o primeiro, desiludido.

– Sim. Mas o pior é que tudo o que nos disseram sobre o capitalismo, afinal, era verdade! – retruca o segundo.